Homens, o que vocês queimariam? Veja as dez respostas mais criativas
Saia/canga feita pela campanha Homens Libertem-se

Notícias

Homens, o que vocês queimariam? Veja as dez respostas mais criativas

A Homens Libertem-se promoveu o concurso ?#‎HOMEMOQUEVOCEQUEIMARIA?, incentivando homens a dizerem de que amarras gostariam de se livrar, a exemplo da "queima de sutiãs", um protesto com cerca de 400 ativistas do WLM (Women’s Liberation Movement) na realização do concurso de Miss America em 1968, em Atlantic City, nos Estados Unidos [a "queima dos sutiãs" foi um nome dado pela mídia, uma vez que a "queima" não aconteceu de fato). Confira quais foram as dez frases ganhadoras:

*Eduardo Chediack*: Queimar? Queimaria o estereótipo HOMEM DE AÇO!

*Wagner Lucena*: Não queimaria nada, regaria o mundo com lágrimas. Pelo direito de chorar.

*Vitor Rubião*: a obrigação de gostar e/ou jogar futebol e de até torcer para algum time!!!

*Gabriel Frederico Matt*: Queimaria meu machismo

*Nostreal Aires*: TODO ÓDIO QUE O HOMEM PLANTA NO CORAÇÃO DA HUMANIDADE.

*Róber Bachinski*: Por representar a sociedade machista, o patriarcado que oprime a todos, embora não temos consciência disso, eu queimaria os carros de brinquedo. Sim, como símbolo da divisão entre gêneros, da formação social que oprime homens e mulheres, da divisão das crianças entre meninos e meninas, criando um muro social. Da expectativa dos pais que mantém o sistema patriarcal, sem saber como isso influencia a vida dos filhos. Antes de nascer, o menino já ganha o primeiro carro e assim herda toda a cultura machista que o perseguirá por toda a vida.

*Zé Ronaldo Ribeiro Guarani-Kaiwoá* : Eu queimaria principalmente o medo, o medo do fracasso, o medo da falência e o medo de não conseguir suprir as expectativas familiares e sociais!!!

*Apolo Salomão Sales* : Acho que tem que tacar fogo nas vestimentas sociais que temos que usar em dias de calor do Saara.

*Daniel: Eu só queimaria a ideia de que o homem deveria tomar a iniciativa na paquera. Seculo 21, feminismo, direitos iguais.*

*Necésio Pereira*: todos os documentos ligados ao serviço militar obrigatório.

Os dez ganhadores vão ganhar uma saia/canga como a da foto ao lado. Que tal?

Sobre a campanha:

Homens Libertem-se/Men Get Free é uma campanha artística e social proposta em parceria entre o coletivo mo[vi]mento-MG/RJ e o histórico e polêmico grupo The Living Theatre, de Nova Iorque. O projeto pretende ser um chamado à reflexão em torno das muitas formas pelas quais o machismo prejudica também os homens, independente de sua sexualidade, devido às dimensões da construção social do homem na contemporaneidade, que os incita a se encaixarem num modelo de homem fixo e restritivo. 

 


Tag's: Notícias Notícia