Curitiba divulga app que contém mapa de combate à violência contra as mulheres no Dia Laranja
Foto ilustrativa do aplicativo Clique 180.

Notícias

Curitiba divulga app que contém mapa de combate à violência contra as mulheres no Dia Laranja

Na programação de 322 anos de Curitiba (PR), a serem completados em 29 de março, a prefeitura está mobilizando cidadãs e cidadãos para indicar, na seção Minha Cidade Mais Segura do aplicativo Clique 180, os locais mais seguros e inseguros para mulheres. A ação se insere na mobilização internacional Dia Laranja (Orange Day), da ONU Mulheres, em solidariedade a mulheres e meninas em situação e violência em todo mundo.

No dia 25 de cada mês acontecem iniciativas de prevenção e eliminação da violência de gênero. O Dia Laranja foi idealizado pela rede global de jovens líderes da campanha do Secretário-Geral “UNA-SE pelo fim da violência contra as mulheres”. Foi adotado pela ONU Mulheres, em novembro de 2012, como data de ação global, ampliando as mobilizações do Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres para os outros 11 meses do ano.

“Na nossa gestão estamos tomando à frente no combate da violência contra as mulheres. Criamos a Secretaria da Mulher, a Patrulha Maria da Penha, estamos construindo a Casa da Mulher Brasileira e temos ainda a campanha Busão sem Abuso. Portanto, o Dia Laranja tem todo nosso apoio. Certamente será uma parceria de sucesso”, afirma o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet.

A representante da ONU Mulheres Brasil, Nadine Gasman, ressalta a importância do apoio da prefeitura de Curitiba à campanha do Dia Laranja para a divulgação do Clique 180 na capital. “No Dia Laranja, 25 de março, convidamos a população curitibana para traçar os locais seguros e inseguros para mulheres no Clique 180. Nos celulares ou no site, mulheres e homens poderão colaborar com a atualização de conteúdos locais no aplicativo e a geração de informações para melhorar o espaço urbano, fortalecendo o trabalho da Secretaria de Políticas para as Mulheres”, aponta Nadine Gasman.

Quarta capital no Mapa da Violência 2012 sobre Homicídios de Mulheres no Brasil, Curitiba adotou a política de tolerância zero à violência de gênero. A secretária da Mulher de Curitiba, Roseli Isidoro, destaca as políticas implementadas na capital. “Todas as ações que estamos empreendendo para enfrentar a violência contra as mulheres na cidade de Curitiba, desde a criação da Secretaria, adesão ao pacto nacional, compromisso com as metas do programa Mulher Viver Sem Violência do governo federal, criação da Patrulha Maria da Penha e campanhas educativas e de conscientização, vão convergir para a Casa da Mulher Brasileira, que materializa uma resposta eficaz e necessária em atendimento humanizado às mulheres em situação de violência”, aponta.

Dia Laranja em Curitiba – Na capital paranaense, a mobilização acontecerá nas redes sociais, tendo o 25 de março como data de referência para a postagem de conteúdos sobre a cidade no aplicativo Clique 180. O aplicativo é uma ferramenta colaborativa para mapear os locais das cidades que oferecem risco e segurança às mulheres, com espaço para comentários da população local. O Clique 180 contém informações sobre os tipos de violência contra as mulheres, dados de localização dos serviços da Rede de Atendimento e sugestões de rota física para chegar até eles.

Traz a definição sobre os tipos de violência e a íntegra da Lei Maria da Penha. Uma tela inicial de disfarce torna o aplicativo mais discreto para mulheres e pessoas que lhes apoiem possam acessá-lo com discrição. Com a agitação do aparelho (para cima e para baixo ou para os lados), o disfarce se desfaz e permite o acesso aos conteúdos. O aplicativo está disponível para download nos smartphones com sistema Android e IOS, nas lojas virtuais Google Play e Apple Store. As informações também poderão ser inseridas no site www.clique180.org.br Lançado em maio de 2014, o Clique 180 foi desenvolvido pela ONU Mulheres Brasil em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República e com o apoio da embaixada do Reino Unido.

Investimentos em serviços públicos – Como anunciado no dia 12 deste mês, a prefeitura investirá, até 2016, R$ 90 milhões no programa de Iluminação Pública intervenções em pontos de ônibus, praças, parques, calçadas e ciclovias e também na iluminação de rotas de diversas linhas de ônibus. Para a Secretaria das Mulheres, a mobilização no Dia Laranja será uma oportunidade para atualizar as demandas das mulheres por lugares mais seguros por meio do Clique 180, cujas informações estarão acessíveis a toda a população de Curitiba.

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba


Tag's: Notícias Notícia